PT
BR
Pesquisar
Definições



caras

A forma caraspode ser [feminino plural de caracara] ou [feminino plural de carocaro].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
carocaro
( ca·ro

ca·ro

)


adjectivoadjetivo

1. Que custa mais dinheiro que aquele que se pode ou se quer gastar.

2. Que custa mais dinheiro que habitualmente.

3. Que exige grande despesa.

4. Que custa sacrifícios, perdas, etc.

5. Querido, estimado.


advérbio

6. Por alto preço.

7. Com grande trabalho.


nome masculino

8. [Botânica] [Botânica] Género de plantas umbelíferas.

9. [Náutica] [Náutica] Parte superior ou mais grossa de uma verga latina ou triangular.


fazer-se caro

Fingir-se desinteressado para que os pedidos ou as vantagens aumentem; fazer-se rogado.

caracara
( ca·ra

ca·ra

)


nome feminino

1. Parte anterior da cabeça. = FACE, ROSTO

2. [Figurado] [Figurado] Expressão da face (ex.: cara alegre). = FISIONOMIA, SEMBLANTE

3. [Por extensão] [Por extensão] Frente ou lado anterior de certos objectos.

4. Aspecto exterior de algo. = APARÊNCIA, AR

5. Lado da moeda em que está a efígie.

6. Atrevimento, ousadia.


nome masculino

7. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Pessoa de quem se omite ou desconhece o nome. = SUJEITO, TIPO

8. [Tauromaquia] [Tauromaquia] Forcado que se agarra ao touro pela frente e tenta subjugá-lo.


nome de dois géneros

9. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Forma de tratamento usada como vocativo ou como incitamento (ex.: vamos lá, cara?).


andar de cara à banda

[Informal] [Informal] O mesmo que ficar de cara à banda.

atirar à cara

[Informal] [Informal] Fazer críticas ou censuras em presença da pessoa em causa. = EXPROBRAR, LANÇAR EM ROSTO

Recordar favores prestados ou factos passados, na presença da pessoa interveniente.

bater com a cara na porta

[Informal] [Informal] Encontrar encerrado um espaço, um estabelecimento, uma casa, não conseguindo alcançar quem ou o que se procurava. = BATER COM O NARIZ NA PORTA

cara a cara

Em posição em que um está diante do outro. = FACE A FACE, FRENTE A FRENTE

De modo frontal ou directo; sem subterfúgios (ex.: fez as críticas cara a cara). = FRONTALMENTE

cara de caso

Ar sério de preocupação ou de apreensão.

cara de cu

[Calão, Depreciativo] [Tabuísmo, Depreciativo] Semblante descontente ou contrariado (ex.: ficar com cara de cu).

[Calão, Depreciativo] [Tabuísmo, Depreciativo] Expressão usada com o intuito de insultar a pessoa a quem é dirigida (ex.: sai da frente, cara de cu).

cara de enterro

[Informal] [Informal] Semblante triste ou grave (ex.: estão todos com cara de enterro).

cara de Páscoa

Rosto alegre, pessoa risonha e prazenteira.

cara de pergaminho

Faces secas e enrugadas.

cara de poucos amigos

[Informal] [Informal] De mau humor; com ar severo (ex.: o sujeito, corpulento, cara de poucos amigos, nem sequer respondeu à pergunta). = CARRANCUDO

cara de tacho

[Informal] [Informal] Ar desapontado ou surpreendido (ex.: a pergunta deixou o entrevistado com cara de tacho).

cara de vergalho

[Informal] [Informal] Rosto carrancudo, que denota mau humor ou antipatia.

cara ou coroa

Jogo em que se atira ao ar uma moeda, ganhando o jogador que adivinhar qual dos lados ficará para cima.

Pergunta que se faz antes de se jogar uma moeda ao ar para decidir uma questão ou fazer uma escolha.

com cara de asno

[Informal] [Informal] Desapontado, de boca aberta.

dar a cara

[Informal] [Informal] Assumir a responsabilidade por algo.

dar com a cara na porta

[Informal] [Informal] O mesmo que bater com a cara na porta.

encher a cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Beber muito, até ficar bêbedo. = EMBEBEDAR-SE, EMBRIAGAR-SE

estar na cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Ser evidente; ser óbvio (ex.: estava na cara que isso não ia dar certo).

fazer cara feia

[Informal] [Informal] Mostrar desagrado ou rejeição (ex.: não adianta fazer cara feia, eles não vão recuar na venda do apartamento).

ficar de cara à banda

[Informal] [Informal] Sentir-se envergonhado, humilhado.

ir com a cara de

[Informal] [Informal] Simpatizar (ex.: acho que ele não foi com a minha cara).

mandar à cara

[Informal] [Informal] O mesmo que atirar à cara.

perder a cara

Ficar desacreditado ou malvisto. = PERDER A FACE

quebrar a cara

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Não alcançar o resultado esperado; não ser bem-sucedido. = FALHAR, FRACASSAR

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Passar vergonha.

ter duas caras

[Informal] [Informal] Ser falso, hipócrita ou desonesto.

etimologiaOrigem etimológica:latim cara, -ae, face, rosto, do grego kára, cabeça.

Auxiliares de tradução

Traduzir "caras" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: perda de tempo ou perca de tempo?
As formas perda e perca são sinónimas, e encontram-se registadas como tal, por exemplo, no Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra Editora, 1966) e em dicionários como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências/Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002).

No entanto, a forma preferencial é perda, uma vez que a variante perca tem origem mais popular, devendo ser utilizada apenas em contextos mais informais.




Como funciona a pontuação quando usamos aspas em uma ou mais frases completas? Ex: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória"! ou "Hei de alcançar minha vitoria!" ou "Hei de alcançar minha vitoria!".
As aspas são sinais gráficos destinados essencialmente a assinalar citações, mas também a identificar títulos ou denominações ou a marcar certas palavras ou expressões que se pretende destacar.

Quando usadas para indicar citações que correspondem a frases completas, dotadas elas próprias de pontuação, esta deve constar dentro das aspas (ex.: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória!").

A pontuação que está dentro na citação entre aspas é independente da pontuação da frase em que essa citação é inserida. Se se tratar, por exemplo, de uma pergunta, a pontuação que indica que se trata de uma frase interrogativa deverá constar, mesmo que a frase citada já contenha outra pontuação (ex.: De quem é a fala "Hei de alcançar minha vitória!"?). Frequentemente, porém, para evitar uma sequência de sinais de pontuação, é omitida a pontuação da frase entre aspas (ex.: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória".); no entanto, esta opção não é aconselhável quando esse sinal de pontuação é importante para a compreensão ou para o sentido da frase citada (por exemplo, quando a citação termina com ponto de exclamação, ponto de interrogação ou reticências).