Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) é um dicionário de português contemporâneo com cerca de 133 000 entradas lexicais, incluindo locuções e fraseologias, cuja nomenclatura compreende o vocabulário geral e os termos mais comuns das principais áreas científicas e técnicas. O dicionário contém sinónimossinônimos e antónimos antônimos por acepçãoaceçãoacepção e permite ainda a conjugação verbal. É também possível consultar informação sobre a origem da maioria das palavras e indicações de pronúncia.

O DPLP permite a consulta de acordo com a norma do português europeu ou de acordo com a do português do Brasil, com ou sem as alterações gráficas previstas pelo Acordo Ortográfico de 1990. Para informações pormenorizadas, deverá aceder à secção Como consultar. Quaisquer sugestões ou correcçõescorreçõescorreções devem ser enviadas para dicionario@priberam.pt.

A presente versão do DPLP foi adaptada às novas tecnologias Web e reformulada para facilitar o acesso a partir de qualquer tipo de dispositivos - desktop, tablet e mobile. Para além das mudanças em termos de tecnologia, apresenta também mudanças visuais, para facilitar a leitura e a compreensão do dicionário, e conteúdo adicional, como, por exemplo, a visualização de anagramas, palavras relacionadas, divisão silábica, imagens ilustrativas das acepçõesaceçõesacepções e dúvidas linguísticas.

A Priberam agradece o envio de comentários para dicionario@priberam.pt.

Boas consultas!

O Ano em Palavras

"O Ano em Palavras" apresenta algumas das palavras mais pesquisadas ao longo do ano no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa que reflectemrefletemrefletem alguns dos principais acontecimentos portugueses e internacionais. Pelo segundo ano, em parceria com a agência de notícias Lusa, mostramos as notícias que levaram os mais curiosos a fazer pesquisas no Dicionário Priberam. As palavras são apresentadas cronologicamente, de Janeirojaneirojaneiro a Dezembrodezembrodezembro, com uma fotografia, permitindo um retrato rápido do ano de 2018.

pub

Dúvidas linguísticas


Na definição astronômica da palavra Equinócio no dicionário, não haverá um equívoco?
Quando se diz:
Astr., ponto da órbita da Terra em que se regista uma igual duração do dia e da noite, e que ocorre nos dias 21 de Março (equinócio da Primavera) e 23 de Setembro (equinócio do Outono).
Aos 21 de março não seria equinócio de outono e aos 23 de setembro não seria equinócio de primavera?
As locuções equinócio da Primavera e equinócio do Outono são designações do domínio da Astronomia e dizem respeito a fenómenos que ocorrem em determinada altura do ano. Assim, o que é designado por equinócio da Primavera (também designado por equinócio vernal ou ponto vernal) corresponde ao fenómeno que ocorre na Primavera, sendo que no hemisfério norte este fenómeno ocorre em Março e no hemisfério sul em Setembro. A mesma diferença acontece com a designação equinócio do Outono.

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP), cujo conteúdo é da responsabilidade da Texto Editores, é um dicionário vocacionado para um público português, pelo que as definições privilegiam os dados relativos ao hemisfério norte, ainda que uma referência às datas para o hemisfério sul pudesse completar ainda mais a definição.




Gostaria de saber como se pronuncia a palavra "como" visto que pode ser do verbo comer ou uma preposição. A pronúncia difere quando é verbo?
A palavra como pronuncia-se geralmente ['komu], sendo [o] o símbolo fonético correspondente a o fechado (como a letra o de sopa ou avô), independentemente se é usada como verbo (ex.: Eu como tudo o que me apetece.), advérbio (ex.: Como está lindo o céu!; O modo como ele se comportou deixou-a surpreendida.), conjunção (ex.: O rapaz é tão brincalhão como os seus colegas.) ou preposição (ex.: Era conhecida como a mais importante cientista portuguesa.). Esta é a opção de transcrição do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa e da indicação de ortoépia do Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves.

Quando não se trata de forma verbal, isto é, quando se trata do advérbio, da conjunção ou da preposição, há outras pronúncias alternativas, consideradas dialectais. O Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora, por exemplo, regista, a par da transcrição ['komu], a transcrição ['kumu], sendo [u] correspondente à vogal de nu. Esta pronúncia alternativa será um caso muito excepcional na língua portuguesa, pois a um o tónico nunca corresponde um fonema [u], mas é uma marca característica de alguns dialectos do Norte do país. Esta excepção justifica-se apenas por se tratar de uma palavra gramatical (e tem um paralelo na pronúncia da preposição para, em que um a tónico corresponde excepcionalmente a um fonema [á]). Ainda será de referir a ocorrência da pronúncia ['kɔmu] em alguns dialectos, nomeadamente no dialecto madeirense, sendo [ɔ] correspondente a o aberto (como em nove ou avó).

Na maioria dos casos em que os falantes têm dúvidas quanto à pronúncia das palavras, não se trata de erros, mas de variações de pronúncia relacionadas com o dialecto (variedade de uma língua própria de uma região), sociolecto (variedade de uma língua própria de um grupo social, etário ou profissional) ou mesmo idiolecto (variedade de uma língua própria de um indivíduo) do falante, pois, à excepção de certas relações entre ortografia e fonética que têm de ser respeitadas, não há critérios rigorosos de correcção linguística no que diz respeito à pronúncia. O que acontece é que alguns gramáticos preconizam determinadas indicações ortoépicas e algumas obras lexicográficas contêm indicações de pronúncia ou até transcrições fonéticas; estas indicações podem então funcionar como referência, o que não invalida outras opções que têm de ser aceites, desde que não colidam com as relações entre ortografia e fonética.

Palavra do dia

in·ter·co·mu·ni·tá·ri·o in·ter·co·mu·ni·tá·ri·o
(inter- + comunitário)
adjectivo
adjetivo

Que diz respeito às relações entre os membros de uma comunidade, particularmente a Comunidade Europeia, depois União Europeia.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://dicionario.priberam.pt/default.aspx [consultado em 26-05-2019]