PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

imbuzal

umbu | n. m.

Árvore da família das fitolacáceas (Phytolacca dioica), de copa larga e densa, cujos frutos, bagas roxas e doces, são geralmente usados na alimentação de animais....


umbuzal | n. m.

Terreno plantado de umbus....


imbuzal | n. m.

Terreno plantado de imbus....


imbu | n. m.

Árvore da família das fitolacáceas (Phytolacca dioica), de copa larga e densa, cujos frutos, bagas roxas e doces, são geralmente usados na alimentação de animais....


imbuzeiro | n. m.

Árvore da família das fitolacáceas (Phytolacca dioica), de copa larga, com grandes folhas ovadas, flores dispostas em racemos e bagas roxas e doces, geralmente usados na alimentação de animais....


umbuzeiro | n. m.

Árvore da família das fitolacáceas (Phytolacca dioica), de copa larga, com grandes folhas ovadas, flores dispostas em racemos e bagas roxas e doces, geralmente usadas na alimentação de animais....



Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



As palavras Malanje, Uíje, Cassanje, etc., levam a letra g ou j ?
Os topónimos angolanos referidos deverão ortografar-se correctamente nas formas Malanje, je e Caçanje (esta última grafia corresponde também ao nome comum caçanje).

É esta a grafia registada nas principais obras de referência para o português europeu, nomeadamente no Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida Editora, 1947) e no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Âncora Editora, 2001). Apesar disso, é esmagadora a ocorrência de grafias alternativas como *Malange, *Uíge, *Cassange ou *Cassanje (o asterisco indica incorrecção, de acordo com as obras de referência para a ortografia e com a tradição lexicográfica).

É de referir que com o Acordo Ortográfico de 1990 (nomeadamente na Base III) não há qualquer alteração a este respeito.


Ver todas