PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

arremesso

Que vomita raios; que lança fogo; que arremessa projécteis....


missivo | adj.

Que se envia, que se arremessa ou despede....


arremesso | n. m.

Exercício atlético que consiste em lançar com um braço o mais longe possível uma bola metálica (ex.: arremesso do peso)....


arrojeito | n. m.

Pau grosso que serve de arma de arremesso....


argana | n. f.

Engenho para mudar grandes pesos de um lugar para outro....


cambeirada | n. f.

Farinha que se arremessa à cara de alguém....


discóbolo | n. m.

Indivíduo que arremessava o disco, nos antigos jogos gregos....


impacto | adj. | n. m.

Metido à força....


lançadura | n. f.

Acto ou efeito de lançar; arremesso....


lançamento | n. m.

No futebol, reposição da bola em jogo, feita com as duas mãos por um jogador da equipa adversária à do último jogador a tocar na bola antes de ela sair por uma das linhas laterais do campo. (Equivalente no português do Brasil: arremesso lateral.)...


lance | n. m.

No basquetebol, lançamento ao cesto, com o jogo parado, na cobrança de uma falta grave. (Equivalente no português do Brasil: arremesso livre.)...


lanço | n. m.

Arremesso; impulso....


laranjada | n. f.

Arremesso de laranja ou de laranjinha....


ovada | n. f.

Arremesso de ovos contra alguém (ex.: levar uma ovada)....


pedrada | n. f.

Acto de arremessar uma pedra....


remate | n. m.

Arremesso da bola para a baliza do adversário (em jogos de campo)....



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber o porque se usa tanto apartir de ou concerteza sendo que o correto é a partir de e com certeza ?
Este fenómeno acontece frequentemente com locuções muito usuais em que os utilizadores da língua têm dificuldades em identificar as fronteiras das palavras, o que tem como consequência erros ortográficos como apartir de (em vez de a partir de), concerteza (em vez de com certeza) ou derrepente (em vez de de repente).



A palavra seje existe? Tenho um colega que diz que esta palavra pode ser usada na nossa língua.
Eu disse para ele que esta palavra não existe. Estou certo ou errado?
A palavra seje não existe. Ela é erradamente utilizada em vez de seja, a forma correcta do conjuntivo (subjuntivo, no Brasil) do verbo ser. Frases como “Seje bem-vindo!”, “Seje feita a sua vontade.” ou “Por favor, seje sincero.” são cada vez mais frequentes, apesar de erradas (o correcto é: “Seja bem-vindo!”, “Seja feita a sua vontade.” e “Por favor, seja sincero.”). A ocorrência regular de seje pode dever-se a influências de falares mais regionais ou populares, ou até mesmo a alguma desatenção por parte do falante, mas não deixa de ser um erro.

Ver todas