PT
BR
Pesquisar
Definições



soberana

A forma soberanapode ser [feminino singular de soberanosoberano] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
soberanasoberana
( so·be·ra·na

so·be·ra·na

)


nome feminino

1. Mulher que exerce o supremo governo de um Estado; rainha, imperatriz.

2. [Figurado] [Figurado] Mulher que entre outras ocupa o primeiro lugar.

etimologiaOrigem etimológica:feminino de soberano.
soberanosoberano
( so·be·ra·no

so·be·ra·no

)


adjectivoadjetivo

1. Que ocupa o primeiro lugar.

2. Absoluto.

3. Supremo.

4. Altivo.

5. Dominador.

6. Arrogante.

7. Muito poderoso.


nome masculino

8. Pessoa que governa ou tem poder máximo, de forma hereditária e geralmente vitalícia, uma nação ou um estado monárquico. = MONARCA, REI

9. Pessoa que tem o poder supremo. = IMPERANTE

10. [Popular] [Popular] Libra esterlina.

Confrontar: sobreano, suserano.

Auxiliares de tradução

Traduzir "soberana" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.