PT
BR
Pesquisar
Definições



bispa

A forma bispapode ser [feminino singular de bispobispo] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
bispabispa
( bis·pa

bis·pa

)


nome feminino

[Religião] [Religião] Mulher que é chefe espiritual de uma diocese. (Masculino: bispo.) = EPISCOPISA

etimologiaOrigem etimológica:feminino de bispo.
bispobispo
( bis·po

bis·po

)
Imagem

JogosJogos

Cada uma das peças do jogo do xadrez que, no início do jogo, está entre o rei e o cavalo, de um lado, e entre a dama e o cavalo, de outro.


nome masculino

1. [Religião] [Religião] Prelado que administra ou é chefe espiritual de uma diocese. (Feminino: episcopisa.)

2. [Religião católica] [Religião católica] Prelado, considerado sucessor dos apóstolos de Jesus Cristo, que tem poderes para crismar e ordenar e é geralmente responsável por uma diocese.

3. [Jogos] [Jogos] Cada uma das peças do jogo do xadrez que, no início do jogo, está entre o rei e o cavalo, de um lado, e entre a dama e o cavalo, de outro.Imagem = ALFIL, DELFIM

4. [Ornitologia] [Ornitologia] Saliência triangular sobre as vértebras inferiores das aves e da qual nascem as penas da cauda. = UROPÍGIO

5. [Informal] [Informal] Comida queimada no fundo de uma panela.


bispo auxiliar

[Religião católica] [Religião católica]  Bispo que coopera com o bispo diocesano.

bispo coadjutor

[Religião católica] [Religião católica]  Bispo que coopera com o bispo diocesano e tem direito de sucessão.

bispo eleito

[Religião católica] [Religião católica]  Bispo que ainda não está confirmado pelo papa.

bispo de anel

[Religião católica] [Religião católica]  O que é nomeado pelo papa para uma diocese ocupada por não católicos.

bispo de Roma

[Religião católica] [Religião católica]  Designação dada ao chefe supremo da Igreja Católica. = PAPA

bispo diocesano

[Religião católica] [Religião católica]  Bispo responsável por uma diocese.

bispo in partibus

[Religião católica] [Religião católica]  O mesmo que bispo de anel.

bispo residencial

[Religião católica] [Religião católica]  O que não governa, por direito próprio, a sua diocese.

bispo resignatário

[Religião católica] [Religião católica]  O que renunciou ao governo de uma diocese.

bispo titular

[Religião católica] [Religião católica]  Bispo a quem não foi confiada uma diocese.

para o bispo

[Informal] [Informal] Sem remuneração; de graça (ex.: trabalhar para o bispo).

etimologiaOrigem etimológica:latim episcopus, -i, do grego epískopos, -ou, guardião, vigia.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:bispado, episcopado.


Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Sobre a conjugação do verbo ‘trazer’, no futuro do indicativo, tenho a seguinte dúvida:
(1) Trar-se-ão a Portugal.
ou
(2) Trazer-se-ão a Portugal.
Será que a primeira hipótese está correcta? Não consigo encontrar qualquer tipo de referência, no entanto surge-me intuitivamente.
O verbo trazer é irregular, nomeadamente, para o caso que nos interessa, nas formas do futuro do indicativo: trará, trarás, traremos, trareis, trarão (se se tratasse de um verbo regular, as formas seriam *trazerei, ..., *trazerão [o asterisco indica forma incorrecta]).

Quando é necessário utilizar um pronome pessoal átono (ex.: me, o, se) nas formas do futuro do indicativo (ex.: telefonará) ou do condicional (ex.: encontraria), este pronome é inserido entre o radical e a desinência do verbo (ex.: telefonará + me = telefonar-me-á; encontraria + o = encontrá-lo-ia).

Como se trata da flexão irregular trarão, a forma correcta com o pronome deverá ser trar-se-ão e não *trazer-se-ão, que é uma forma incorrecta.