PT
BR
Pesquisar
Definições



base

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
basebase
( ba·se

ba·se

)


nome feminino

1. Superfície inferior de um corpo, que geralmente serve de apoio.

2. O que serve de apoio, de princípio ou fundamento.

3. [Arquitectura] [Arquitetura] [Arquitetura] Corpo sólido de forma ordinariamente quadrada, com base e cornija, que sustenta uma coluna, estátua, etc. = PEDESTAL

4. [Construção] [Construção] Parte de uma construção que se firma imediatamente no solo.

5. [Figurado] [Figurado] Princípio, origem.

6. Fundamento.

7. [Cosmetologia] [Cosmetologia] Produto cremoso ou líquido que se aplica sobre a pele para uniformizar a cor ou esconder imperfeições (ex.: aplique a base no rosto e no pescoço).

8. [Geometria] [Geometria] Linha que sustenta as outras linhas da figura.

9. [Desporto] [Esporte] Cada uma das quatro posições que formam a parte quadrangular do campo de beisebol.

10. [Desporto] [Esporte] No basquetebol, posição do jogador responsável pela distribuição da bola e organização do ataque.

11. [Matemática] [Matemática] Número invariável com que se define um sistema de numeração.

12. [Música] [Música] Nota fundamental, tónica.

13. [Química] [Química] Parte que, unida a um ácido, forma o sal.

14. [Topografia] [Topografia] Linha recta medida com rigor, a que se referem todas as outras no levantamento topográfico ou na triangulação.


adjectivo de dois géneros e de dois númerosadjetivo de dois géneros e de dois números

15. Que serve de referência ou de ponto de partida (ex.: valor base). [Como adjectivo, pode ser ligado por hífen ao nome que qualifica (ex.: salário-base).]


base de copo

Suporte para colocar debaixo de copos ou garrafas, geralmente para proteger a superfície onde são colocados ou para quantificar o número de bebidas consumidas.

base de dados

Conjunto de dados organizados e relacionados, capaz de ser processado por um sistema informático. = BANCO DE DADOS

etimologiaOrigem etimológica:latim basis, -is.

Auxiliares de tradução

Traduzir "base" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Escreve-se pôr do sol ou pôr-do-sol? E qual o plural?
Os dicionários e vocabulários de língua portuguesa não são unânimes no que respeita à grafia de pôr do Sol/pôr-do-sol, pois se há uns, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, 2001), que registam a forma hifenizada pôr-do-sol, outros há, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), que preferem o registo da locução substantiva pôr do Sol (o Dicionário Houaiss não maiusculiza sol, mas, como se trata do astro propriamente dito, a utilização da maiúscula é necessária). Este último dicionário justifica a preferência pela locução com base no facto de o pôr ser um fenómeno astronómico comum a vários astros e não exclusivo do Sol, e também porque nenhum dicionário regista a correspondente palavra hifenizada nascer-do-sol. Este argumento parece fazer algum sentido, especialmente se considerarmos que construções como do pôr ao nascer do Sol não permitem a utilização do hífen.

Assim sendo, e uma vez que ambas as variantes se encontram registadas em obras lexicográficas de língua portuguesa, poderá optar por qualquer uma das duas formas, não devendo esquecer que num mesmo texto deverá manter a mesma opção, por uma questão de coerência.

O plural deverá ser pores do Sol ou pores-do-sol.