PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

faca

cultriforme | adj. 2 g.

Que tem forma de lâmina de faca....


faca | n. f.

Que é pesado ou constrangedor (ex.: ambiente de cortar à faca)....


fuzil | n. m. | n. m. pl.

Peça cilíndrica de aço em que se afiam facas....


facalhaz | n. m.

O mesmo que facalhão....


facaneia | n. f.

Cavalgadura de porte regular, mansa e elegante....


facão | n. m.

Grande faca....


pajeu | n. m.

Faca de ponta....


peixeira | n. f.

Faca com lâmina larga, usada para cortar peixe....


trinchante | adj. 2 g. | n. m.

Grande faca própria para trinchar....


xerengue | n. m.

Faca velha e inútil....


canindé | n. m.

Tipo de faca comprida e afiada usada no sertão do Ceará....


catana | n. f.

Faca comprida e larga....


cutela | n. f.

Faca grande de cozinha ou açougue....


cutelo | n. m. | n. m. pl.

Faca de tijoleiro....


cultrirrostro | adj. | n. m. pl.

Cujo bico tem a forma de faca....


peixeirada | n. f.

Golpe feito com peixeira, tipo de faca (ex.: morreu com várias peixeiradas no peito)....



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: frequência do quarto ou frequência no quarto ano?
O substantivo frequência é geralmente seguido da preposição de (ou das suas contracções), como indica o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjectivos (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), de Francisco Fernandes, e como atestam pesquisas efectuadas em corpora e em motores de busca da Internet.



É indiferente a utilização indistinta dos verbos levantar e alevantar, rebentar e arrebentar?
As palavras que referiu são sinónimas duas a duas (alevantar = levantar, arrebentar = rebentar), sendo as formas iniciadas por a- variantes formadas pela adjunção do prefixo protético a-, sem qualquer alteração de sentido. A estas palavras podem juntar-se outros pares, como ajuntar/juntar, amostrar/mostrar, arrecuar/recuar, assoprar/soprar, ateimar/teimar, etc.

As formas com o elemento protético a- são geralmente consideradas mais informais ou características do discurso oral, devendo por isso ser evitadas em contextos que requerem alguma formalidade ou em que se quer evitar formas menos consensuais.

Apesar deste facto, não podemos fazer uma generalização destes casos para o uso do prefixo, uma vez que o prefixo a- pode ter outros valores, como os de aproximação, mudança (ex.: abaixo < a- + baixo, acertar < a- + certo + -ar) ou de privação, negação (ex.: atemporal < a- + temporal, assexuado < a- + sexuado), em que já não se trata de variação, mas de derivação.


Ver todas