PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

dedo

digitado | adj.

Que tem a forma dos dedos da mão humana....


falangeal | adj. 2 g.

Relativo às falanges dos dedos (ex.: fractura falangeal)....


halial | adj. 2 g.

Relativo ao dedo grande do pé....


himenópode | adj. 2 g.

Cujos dedos estão meio ligados por membranas....


mediano | adj.

Diz-se do nervo que se estende da axila às mãos, permitindo a flexão dos dedos....


oponível | adj. 2 g.

Que se pode opor (ex.: dedo oponível)....


palmati- | elem. de comp.

Exprime a noção de dividido como os dedos da mão (ex.: palmatinervado)....


Que tem nervuras com a forma dos dedos e da palma da mão....


Que tem quatro dedos em cada pé (falando de quadrúpedes)....


semidigital | adj. 2 g.

Que tem o comprimento de meio dedo....


sexdigital | adj. 2 g.

Que tem seis dedos (ex.: mão sexdigital)....


Que tem nervuras com a forma dos dedos e da palma da mão....


minimal | adj. 2 g.

Que é relativo ao dedo mínimo....


palmado | adj.

Que tem os dedos unidos por uma membrana (ex.: patas palmadas)....


multitoque | adj. 2 g.

Que permite detectar múltiplos toques com os dedos (ex.: ecrã multitoque)....



Dúvidas linguísticas



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".




Qual a forma verbal correcta nestas duas frases: "Trata-se ou Tratam-se de pessoas que não sabem o que fazem"?
A frase correcta é Trata-se de pessoas que não sabem o que fazem.

Neste exemplo, o verbo tratar tem um sentido próximo de “ser”, sendo indissociável do clítico se e da preposição de. A construção tratar-se de funciona como um verbo impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular, dado que é usada em frases sem sujeito. A frase *Tratam-se de pessoas que não sabem o que fazem é agramatical (como indica o asterisco) porque o sintagma pessoas que não sabem o que fazem, com o qual o verbo concorda, é erradamente considerado o sujeito da frase.

A construção acima descrita não deve ser confundida com o predicado verbal da frase Eles tratam-se da doença numa clínica suíça. Neste caso, o verbo tratar é usado na acepção de “curar” e concorda com o sujeito da frase (Eles).


Ver todas