PT
BR
Pesquisar
Definições



sacada

A forma sacadapode ser [feminino singular de sacadosacado], [feminino singular particípio passado de sacarsacar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
sacadasacada
( sa·ca·da

sa·ca·da

)


nome feminino

1. Acto de levar géneros ou mercadorias de uma para outra parte.

2. Saca, exportação.

3. [Antigo] [Antigo] Imposto que pagavam os exportadores.

4. Construção que ressalta da face de uma parede ou do nível de outra construção.

5. Balcão de uma janela que ressai da parede.

6. [Hipismo] [Hipismo] Sacão; galão.

7. Aquilo que um saco pode conter.

8. Rede de suspensão.

9. Rede de arrasto.

10. Aparelho de pesca do mar alto.

sacarsacar
( sa·car

sa·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tirar à força ou com violência. = ARRANCAR, EXTRAIR, PUXAR

2. Tirar de dentro para fora, geralmente de forma rápida; fazer sair (ex.: sacou a pistola; não conseguiu sacar da arma). = PUXAR

3. Conseguir alguma coisa com esforço ou dificuldade (ex.: sacar informação). = COLHER, OBTER, TIRAR

4. Tirar ou conseguir algo para benefício próprio, geralmente contra a vontade de alguém. = AUFERIR, LUCRAR

5. Fazer levantamento de dinheiro (ex.: sacar um cheque; foi à máquina para sacar dinheiro).

6. [Economia] [Economia] Passar uma letra de câmbio ou emitir um título de crédito sobre uma pessoa ou entidade.

7. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] [Informática] [Informática] Transferir para um computador (ex.: sacar um programa).

8. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Fazer conquista amorosa ou sexual. = ENGATAR

9. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Alcançar ou conceber com a inteligência (ex.: não precisa de explicar mais, já saquei tudo; sacou uma solução genial). = COMPREENDER, ENTENDER, PERCEBER

10. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Aperceber-se pelos sentidos (ex.: sacou logo que estava a ser observado).


verbo intransitivo

11. [Brasil] [Brasil] Emitir opinião ou sugestão; dar palpite. = PALPITAR

12. [Brasil] [Brasil] Dizer o que não é verdade. = MENTIR

13. [Brasil] [Brasil] [Desporto] [Esporte] Colocar a bola em jogo, lançando-a por cima da rede para o campo do adversário em jogos como o ténis ou o voleibol. = SERVIR


verbo pronominal

14. Conseguir evitar determinada situação. = ESCAPAR, ESQUIVAR-SE, LIVRAR-SE, SAFAR-SE

etimologiaOrigem etimológica:talvez do gótico sakan, pleitear.
sacadosacado
( sa·ca·do

sa·ca·do

)


adjectivoadjetivo

1. Extraído.


nome masculino

2. Aquele a quem o sacador de uma letra de câmbio manda pagar o seu valor.

3. [Brasil] [Brasil] Lago marginal onde os rios represam o excedente das suas grandes cheias.

Auxiliares de tradução

Traduzir "sacada" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



A palavra moral é classificada como masculina ou feminina?
Tal como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palavra moral é usada como masculina e como feminina, consoante o seu significado.

Enquanto substantivo, designando “estado de espírito, disposição”, a palavra moral é do género masculino: “É preciso levantar o moral dos jogadores!”. Nos restantes sentidos mencionados no Dicionário Priberam – “conjunto de costumes, regras”; “ética”; “lição, ensinamento” – o substantivo moral é do género feminino: “De acordo com a moral e os bons costumes.”; “Escreveu um artigo sobre os princípios da moral kantiana.”; “Qual é a moral da história dos Três Porquinhos?”.

Enquanto adjectivo, a palavra moral (= relativo aos costumes, à ética) é usada quer com nomes (substantivos) masculinos, quer com nomes femininos: “Temos o dever moral de ajudar os outros.”, “Há normas morais que é preciso cumprir.”.




Qual a forma correcta: perda de tempo ou perca de tempo?
As formas perda e perca são sinónimas, e encontram-se registadas como tal, por exemplo, no Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra Editora, 1966) e em dicionários como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências/Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002).

No entanto, a forma preferencial é perda, uma vez que a variante perca tem origem mais popular, devendo ser utilizada apenas em contextos mais informais.