PT
BR
Pesquisar
Definições



feminino

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
femininofeminino
( fe·mi·ni·no

fe·mi·ni·no

)


adjectivoadjetivo

1. Que é próprio de ou relativo a mulher (ex.: identidade feminina; ponto de vista feminino).

2. Que é do sexo caracterizado pela presença de ovário ou pela produção de gâmetas femininos (ex.: espécime feminino). = FÊMEO

3. Próprio de ou relativo a fêmea (ex.: órgão sexual feminino).

4. Que tem qualidades ou atributos considerados como pertencentes às mulheres (ex.: hoje sinto-me muito feminina).

5. Que é composto por mulheres (ex.: grupo feminino; selecção feminina de futebol).

6. [Biologia] [Biologia] Diz-se de célula sexual, geralmente sem capacidade de locomoção e com maiores dimensões relativamente à célula masculina, que, na reprodução sexuada, se funde com a célula masculina para formar um ovo (ex.: o óvulo é a célula sexual feminina; gâmeta feminino).

7. [Botânica] [Botânica] Que tem pistilo, mas não tem estames (ex.: flor feminina).

8. [Gramática] [Gramática] Que é do género feminino, por oposição ao género masculino e ao género neutro, nas línguas em que este existe (ex.: palavra feminina; pronome feminino; substantivo feminino).


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

9. [Gramática] [Gramática] Diz-se de ou género das palavras que indicam fêmea ou das que se consideram não masculinas (ex.: género feminino; estes adjetivos estão no feminino: maravilhosa, poderosa, vencedora).


nome masculino

10. Conjunto de qualidades ou atributos considerados como pertencentes às mulheres (ex.: representações do feminino na pintura).

etimologiaOrigem etimológica:latim femininus, -a, -um.

Auxiliares de tradução

Traduzir "feminino" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).