PT
BR
Pesquisar
Definições



vogal

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
vogalvogal
( vo·gal

vo·gal

)


nome feminino

1. [Fonética] [Fonética] Som da linguagem produzido pela vibração da laringe com a ajuda da boca mais ou menos aberta (ex.: [a] é uma vogal oral e [ã] é uma vogal nasal).

2. [Ortografia] [Ortografia] Letra representativa desse som (ex.: a, e, i, o, u são as vogais do português).


nome de dois géneros

3. Pessoa que tem voto em assembleia.

4. Membro de junta, corporação, comissão, etc.


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

5. [Fonética] [Fonética] Que tem características de vogal (ex.: som vogal). = VOCÁLICO


vogal temática

[Gramática] [Gramática]  A que se junta ao radical de uma palavra para constituir o tema.

vistoPlural: vogais.
etimologiaOrigem etimológica:latim vocalis, -is, dotado de voz, que emite um som, sonoro.
iconPlural: vogais.
Confrontar: vagal.

Auxiliares de tradução

Traduzir "vogal" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como é a grafia correta das palavras horti-fruti e tutti-frutti?
A palavra hortifrúti é um regionalismo brasileiro e corresponde à redução do adjectivo hortifrutigranjeiro, ou seja, “que é relativo a produtos da horta, do pomar ou da granja”. Esta palavra está atestada no Dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e deve ser acentuada graficamente no u, pois termina em i e, se não fosse acentuada, ler-se-ia *hortifrutí (o asterisco indica incorrecção).

Tutti frutti é uma locução italiana (não uma palavra hifenizada) que desempenha função substantiva (ex.: gelado de tutti frutti) ou adjectiva (ex.: sumo tutti frutti); significa literalmente “todos os frutos” e designa uma mistura de vários frutos ou de vários aromas de frutos.




Quando posso utilizar o apóstrofo na língua portuguesa? Posso utilizá-lo como na língua italiana?
O uso do apóstrofo está definido nos textos legais que regulam a ortografia portuguesa, nomeadamente nas bases XXXIII a XXXVIII do Acordo Ortográfico de 1945 ou na Base XVIII do Acordo Ortográfico de 1990. Refira-se que o novo acordo ortográfico não altera nada no uso do apóstrofo.

Segundo esses textos legais, o apóstrofo usa-se nos seguintes casos:
a) numa contracção em que um elemento pertence a um conjunto vocabular distinto (ex.: n'Os Lusíadas) ou em que se quer dar destaque com maiúscula a um elemento (ex.: acredito n'Ele);
b) na ligação das palavras santo ou santa (ex.: Sant'Ana) a alguns antropónimos e na ligação de alguns antropónimos (ex.: Nun'Álvares);
c) na elisão da vogal -e da preposição de em algumas palavras compostas, na maioria das vezes com a palavra água (ex.: copo-d'água, lobo-d'alsácia, mãe-d'água, pau-d'arco, queda-d'água, vinha-d'alhos).