PT
BR
Pesquisar
Definições



tronco

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
troncotronco
( tron·co

tron·co

)
Imagem

Parte da árvore compreendida entre a raiz e os primeiros ramos ou pernadas.


nome masculino

1. Parte da árvore compreendida entre a raiz e os primeiros ramos ou pernadas.Imagem

2. Haste; caule.

3. Ramo grosso; pernada.

4. [Anatomia] [Anatomia] O corpo humano, considerado sem a cabeça e sem os membros.

5. [Anatomia] [Anatomia] Parte de um vaso ou de um nervo de onde partem ramificações.

6. Aparelho feito de colunas e de travessas, no qual se prende o boi ou o cavalo, para ser ferrado ou pensado.

7. Prisão; cárcere.

8. [Figurado] [Figurado] Encargo; obrigação.

9. [Linguagem poética] [Linguagem poética] Mastro de navio.

10. [Genealogia] [Genealogia] Pessoa em que principiou a origem de uma família.

11. [Arquitectura] [Arquitetura] [Arquitetura] Fragmento do fuste da coluna; dado do pedestal.

12. [Geometria] [Geometria] Sólido que se obtém cortando outro sólido paralela ou obliquamente à base.

13. [Brasil] [Brasil] Espaço separado por tapumes em trabalhos de mineração.

14. Corredor estreito sem saída que comunica com a porta do curral em que se prendem cavalos ou bois, para serem tosquiados, castrados, etc.


adjectivoadjetivo

15. Truncado, mutilado, mocho; descabeçado.


tronco basilar

[Anatomia] [Anatomia]  União de duas artérias vertebrais.

Colectivo:Coletivo:Coletivo:troncagem, troncaria.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tronco" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Diz-se o meu cabelo foi corto ou o meu cabelo foi cortado?
O verbo cortar apenas admite o particípio passado cortado, pelo que, das frases que refere, a única correcta é o meu cabelo foi cortado.



Em palavras como emagrecer e engordar as terminações -er e -ar são sufixos ou desinências verbais de infinitivo? Se são o último caso, essas palavras não podem ser consideradas derivações parassintéticas...ou podem?
As terminações verbais -er e -ar são compostas pela junção de -e- (vogal temática da 2.ª conjugação) ou -a- (vogal temática da 1.ª conjugação), respectivamente, à desinência de infinitivo -r. Destas duas terminações, apenas -ar corresponde a um sufixo, pois no português actual usa-se -ar para formar novos verbos a partir de outras palavras, normalmente de adjectivos ou de substantivos, mas não se usa -er. Apesar de os sufixos de verbalização serem sobretudo da primeira conjugação (ex.: -ear em sortear, -ejar em relampaguejar, -izar em modernizar, -icar em adocicar, -entar em aviventar), há alguns sufixos verbais da segunda conjugação, como -ecer. Este sufixo não entra na formação do verbo emagrecer, mas entra na etimologia de outros verbos formados por sufixação (ex.: escurecer, favorecer, fortalecer, obscurecer, robustecer, vermelhecer) ou por prefixação e sufixação simultâneas (ex.: abastecer, abolorecer, amadurecer, empobrecer, engrandecer, esclarecer).

Dos verbos que menciona, apenas engordar pode ser claramente considerado derivação parassintética, uma vez que resulta de prefixação e sufixação simultâneas: en- + gord(o) + -ar. O verbo emagrecer deriva do latim emacrescere e não da aposição de prefixo e sufixo ao adjectivo magro.