PT
BR
Pesquisar
Definições



dança

A forma dançapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de dançardançar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de dançardançar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
dançadança
( dan·ça

dan·ça

)
Imagem

dança do ventre

Dança de origem oriental, cujos movimentos incluem ondulações e rotações da zona abdominal.


nome feminino

1. Arte de dançar.

2. Passos cadenciados, geralmente ao som e compasso de música.

3. Baile.

4. O que se dança.

5. Pessoas que dançam.

6. [Figurado] [Figurado] Movimento incessante.

7. Idas e vindas.

8. Trapalhada.

9. Negócio difícil ou arriscado.


dança de São Guido

[Medicina] [Medicina]  Doença do sistema nervoso caracterizada por movimentos involuntários. = COREIA

dança de São Vito

[Medicina] [Medicina]  O mesmo que dança de São Guido.

dança do fio dental

Movimento de dança que consiste em balançar repetidamente as ancas de um lado para o outro enquanto os braços, esticados e de punhos cerrados, são balançados de um lado para o outro em redor do tronco, na direcção oposta à das ancas.

dança dos mortos

O mesmo que dança macabra.

dança dos paulitos

Dança mirandesa em que tomam parte oito ou dez homens que, armados de pequenos paus, batem com eles nos dos companheiros, ao mesmo tempo que saltam, se cruzam e se voltam.

dança do varão

Dança acrobática, considerada sensual, executada à volta de uma barra vertical.

dança do ventre

Dança de origem oriental, cujos movimentos incluem ondulações e rotações da zona abdominal.Imagem

dança macabra

Dança alegórica de esqueletos que vão arrastando pessoas de todas as condições.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de dançar.
dançardançar
( dan·çar

dan·çar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Mover o corpo de modo cadenciado, geralmente ao som de música. = BAILAR

2. [Por extensão] [Por extensão] Mover-se de forma oscilante ou a girar.

3. Não estar firme ou ter muita folga.

4. [Figurado] [Figurado] Ser volúvel.

5. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Não ter êxito; sair-se mal. = FALHAR, FRACASSAR

6. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Perder a liberdade; ser detido.

7. [Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Perder a vida. = MORRER


verbo transitivo

8. Executar determinada dança (ex.: dançar tango; dançar um samba). = BAILAR


nome masculino

9. Dança.

etimologiaOrigem etimológica:francês danser.

Auxiliares de tradução

Traduzir "dança" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



Uma frase poderá conter parênteses no fim da mesma? Exemplo: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março).
Os parênteses são sinais gráficos - podem ser curvos "( )", rectos "[ ]" ou angulares "<>" - utilizados sobretudo para delimitar palavras, locuções ou frases intercaladas ou suprimidas, sem que a estrutura sintáctica seja alterada. Por este motivo, ao utilizar uma sequência dentro de parênteses, a pontuação da frase deverá ser a mesma que existiria sem o uso desses sinais gráficos.

O exemplo que nos fornece não é muito claro, mas quando o que se pretende intercalar corresponde a uma ou mais frases completas, estas poderão estar integradas na frase que não está entre parênteses (mantendo a pontuação de uma frase dependente e sem uso de maiúsculas iniciais): Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês?).

Se, no entanto, houver mais do que uma frase dentro dos parênteses, deverão ser respeitadas dentro dos parênteses as regras gerais de pontuação, com uso de maiúsculas a seguir a um ponto final ou, no caso do exemplo, a um ponto de interrogação: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março?).

A informação poderá, por outro lado, surgir isolada fora dessa frase, com a respectiva pontuação e uso de maiúsculas; este parece ser o procedimento preferencial no caso de frases como a do exemplo referido, em que não parece haver nexo muito forte entre a frase imediatamente anterior e a(s) frase(s) entre parênteses: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado. (Ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março?)