PT
BR
Pesquisar
Definições



tese

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
tesetese
( te·se

te·se

)


nome feminino

1. Proposição que alguém expõe, propondo-se discuti-la ou defendê-la.

2. Trabalho escrito que um aluno deve elaborar, apresentar e defender perante um júri para a obtenção de um grau académico, em geral de doutor.

3. [Figurado] [Figurado] Aquilo que é objecto de estudo ou de discussão. = ASSUNTO, TEMA

4. [Música] [Música] Parte acentuada do compasso, que se marca pelo abaixamento da batuta ou da mão. = TÉSIS

5. [Versificação] [Versificação] Parte de um pé que não é marcada pelo acento métrico, na versificação latina. = TÉSIS


em tese

Do ponto de vista hipotético e teórico (ex.: em tese, a previsão está certa, mas na prática as coisas complicam-se). = EM PRINCÍPIO, TEORICAMENTE

etimologiaOrigem etimológica:latim thesis, -is, do grego thésis, -eôs, acção de pôr em ordem, acção de estabelecer, convenção, costume.

Auxiliares de tradução

Traduzir "tese" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.