PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

crucial

crucial | adj. 2 g.

Que tem a forma de cruz....


fulcral | adj. 2 g.

Relativo a fulcro....


sociedade | n. f.

Organização social na qual a tecnologia aliada à divulgação de informação assume um papel crucial....


cruciforme | adj. 2 g. | n. m.

Em forma de cruz (ex.: é uma igreja de planta cruciforme; motivos decorativos cruciformes)....


ponto | n. m. | n. 2 g.

Ponto crucial, momento decisivo....



Dúvidas linguísticas



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".




Qual a pronúncia correta da palavra epifania?
Quanto à acentuação, a palavra epifania termina no hiato (isto é, duas vogais contíguas que não fazem ditongo) ia e não tem nenhum acento gráfico antes, por isso tem o acento de intensidade na penúltima sílaba (epifania).

Se a dúvida que nos coloca diz respeito à qualidade da vogal e, esta aparece no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo (Lisboa, 2001) e no Grande Dicionário Língua Portuguesa da Porto Editora (Porto, 2004) transcrita com o som ê ([e] na transcrição fonética). No dicionário da Porto Editora surge ainda a transcrição da letra e com o som [i].
Os dicionários mencionados são dos poucos que contêm a transcrição fonética das suas entradas e podem ajudar a resolver algumas destas dúvidas, tendo sempre em conta que se trata de dicionários da norma europeia do português.


Ver todas